Imagens no banco de dados 4.2 – Relatórios em RDLC

No caso de aplicações Windows Forms, também utilizaremos o ReportViewer:

E clicando sobre a seta indicada:

Definiremos o relatório a ser utilizado, e automaticamente será gerada estrutura para ligar o ReportViewer à fonte de dados:

Por fim, a aplicação em execução e a visualização do relatório:

Anúncios

Imagens no banco de dados 4.1 – Relatórios em RDLC

Uma funcionalidade muito útil do Visual Studio é a criação de relatórios em RDLC (Report Definition Language Client-side).

Estes relatórios em RDLC podem ser utilizando tanto em aplicações Web ou Windows Forms.

O primeiro passo para criação de um relatório em RDLC é adicionar um item Report ao projeto:

Neste relatório, vamos adicionar uma imagem estática, que nos servirá de “logo”:

Neste caso, importaremos uma imagem do computador, com o botão “Import”:

Agora temos nosso relatório com uma logo simples:

Para recuperar informações do banco de dados, precisaremos definir a nossa fonte de dados criando um Dataset:

Configuramos o banco de dados a ser utilizado por este Dataset:

E as tabelas a serem utilizadas:

Por fim, temos nosso Dataset configurado:

Adicionamos uma tabela ao nosso relatório:

Tabela adicionada e ajustada no layout do relatório:

Definimos o Dataset utilizado pela tabela:

E adicionamos uma imagem na área “Data” da tabela:

Para esta imagem que será “dinâmica”, definimos que ela virá da fonte “Database”, utilizando a campo “Bytes”, que no caso é a coluna onde estão armazenados os bytes das imagens em nossa tabela:

Por fim, adicionamos o campo “Nome” da imagem à tabela do relatório:

E ajustamos mais um pouco o layout:

No caso de aplicações Web, adicionaremos uma página simples ao projeto:

E nesta página adicionamos um ReportViewer:

Selecionando o ReportViewer, clicamos sobre a flecha indicada:

Definimos qual o relatório a ser utilizado:

Neste passo, será automaticamente criado um ObjectDataSource e já ligado ao nosso Dataset.

Por fim, adicionamos um ScriptManager a esta página:

Então teremos a página configurada com o ScriptManager, e o ReportViewer já ligado a um componente de fonte de dados (ObjectDataSource):

Agora, executar o projeto e ver o relatório com imagens do banco de dados:

Imagens no banco de dados 3 – Windows Forms

Não é somente em aplicações Web que se podem ter arquivos salvos em banco de dados, também é possível desenvolver aplicações com Windows Forms para salvar e recuperar imagens ou arquivos do banco de dados.

Para um breve exemplo, vamos criar uma aplicação Windows Forms no Visual Studio, com um formulário com um botão ‘Escolher’ para o “upload” da imagem/arquivo e um botão ‘Mostrar’ para exibir a imagem. Para a caixa de seleção do arquivo, precisaremos de um Open File Dialog e para exibição, um Picture Box:

Desta vez, estaremos utilizando Entity Framework para salvar a imagem/arquivo no banco de dados (ainda com a mesma modelagem do artigo anterior).

Ajustamos os eventos do formulário:

using System;
using System.ComponentModel;
using System.Drawing;
using System.IO;
using System.Linq;
using System.Windows.Forms;
using Microsoft.Win32;

namespace DemoApp.WinForms
{
    public partial class Form1 : Form
    {
        public Form1()
        {
            InitializeComponent();
        }

        public int ArquivoId { get; set; }

        /// <summary>
        /// Clique do botão Escolher abre OpenFileDialog
        /// </summary>
        /// <param name="sender"></param>
        /// <param name="e"></param>
        private void btnEscolher_Click(object sender, EventArgs e)
        {
            ofdEscolher.ShowDialog();
        }

        /// <summary>
        /// Retorno do OpenFileDialog
        /// </summary>
        /// <param name="sender"></param>
        /// <param name="e"></param>
        private void ofdEscolher_FileOk(object sender, CancelEventArgs e)
        {
            var file = new FileInfo(ofdEscolher.FileName);

            var obj = new Arquivos
                          {
                              Nome = file.Name,
                              Extensao = file.Extension,
                              Tipo = GetMimeType(file.Extension)
                          };

            using (var stream = ofdEscolher.OpenFile())
            using (var reader = new BinaryReader(stream))
                obj.Bytes = reader.ReadBytes((int)stream.Length);

            using (var context = new DemoAppEntities())
            {
                context.AddObject("Arquivos", obj);
                context.SaveChanges();
            }

            // Regra somente para efeito de demonstração,
            // pois restrições devem ser criadas no Open File Dialog
            if (obj.Extensao == ".jpg")
                ArquivoId = obj.ArquivoId;
        }

        /// <summary>
        /// Recuperar Content Type do registro do Windows,
        /// por compatibilidade às aplicações Web
        /// Original.: http://www.codeproject.com/KB/dotnet/ContentType.aspx
        /// </summary>
        /// <param name="ext"></param>
        /// <returns></returns>
        public string GetMimeType(string ext)
        {
            var classesRoot = Registry.ClassesRoot;

            var typeKey = classesRoot.OpenSubKey(@"MIME\Database\Content Type");

            if (typeKey == null) return string.Empty;

            return (
                       from regExt in typeKey.GetSubKeyNames()
                       let path = @"MIME\Database\Content Type\" + regExt
                       let curKey = classesRoot.OpenSubKey(path)
                       where curKey != null
                       let value = curKey.GetValue("Extension")
                       where value != null && value.ToString().ToLower() == ext
                       select regExt
                   ).FirstOrDefault() ?? string.Empty;
        }

        /// <summary>
        /// Recuperando imagem do banco de dados e exibindo em um PictureBox
        /// </summary>
        /// <param name="sender"></param>
        /// <param name="e"></param>
        private void btnMostrar_Click(object sender, EventArgs e)
        {
            if (ArquivoId == 0) return;

            Arquivos obj;

            using (var context = new DemoAppEntities())
                obj = context.Arquivos.FirstOrDefault(a => a.ArquivoId == ArquivoId);

            if (obj == null) return;

            var stream = new MemoryStream(obj.Bytes);

            picImagem.Image = Image.FromStream(stream);
        }
    }
}

Agora na execução, clicamos no botão “Escolher”:

Escolhemos o arquivo para importação, no caso uma imagem JPG.

Por fim, com um clique sobre o botão Mostrar, teremos a imagem no Picture Box:

Em um cenário real, criem restrições dos tipos de arquivos no processo de importação/download da imagem/arquivo. No caso de aplicações Windows Forms, estas restrições serão no Open File Dialog.