Capturando eventos do SQL Server com .NET via SMO sem Triggers ou Trace

Neste artigo de número 300, vermos uma funcionalidade bem interessante do SMO, que permite capturar eventos do SQL Server, seja em nível de instância, de banco de dados ou até no nível de tabela, permitindo monitorar criação e alterações de estruturas e configurações do SQL Server sem a necessidade de usar triggers ou trace, tudo por meio do serviço de notificações de eventos do Service Broker. Mas se você não “manja” de Service Broker, fique tranquilo, o SMO permite a utilização desta funcionalidade de forma bem transparente.

Neste exemplo, veremos como capturar/monitorar eventos de criação de banco de dados e de tabelas com o SMO:

using System;
using System.Linq;
using System.Xml.Linq;
using Microsoft.SqlServer.Management.Smo;

namespace DemoSmo
{
    static class DemoEvent1
    {
        public static void Run()
        {
            // Definindo um grupo de eventos a serem monitorados
            var eventSet = new ServerEventSet(ServerEvent.CreateDatabase, ServerEvent.CreateTable);

            // Relacionando os eventos a uma instância do SQL Server
            //   e definindo o método OnCreate para o tratamento destes eventos
            const string serverName = @".\SQLEXPRESS";

            var server = new Server(serverName);

            server.Events.SubscribeToEvents(eventSet, OnCreate);

            // Iniciando a captura dos eventos
            server.Events.StartEvents();

            Console.ReadKey();

            // Executando alguns comandos para testar se os eventos estão sendo monitorados

            const string query = @"
USE [master]
GO

CREATE DATABASE [NovoBanco]
GO

USE [NovoBanco]

CREATE TABLE [NovaTabela] (CODIGO INT)
GO

USE [master]
GO

DROP DATABASE [NovoBanco]
GO";

            server.ConnectionContext.ExecuteNonQuery(query);

            // Terminando a captura dos eventos

            Console.ReadKey();

            server.Events.StopEvents();

            server.Events.UnsubscribeFromEvents(eventSet);
        }

        private static void OnCreate(object sender, ServerEventArgs e)
        {
            // Exibindo o SPID e a data do evento
            Console.WriteLine("SPID: {0}", e.Spid);
            Console.WriteLine("Data: {0:dd/MM/yyyy HH:mm}", e.PostTime);

            // Exibindo informações sobre o que foi executado
            switch (e.EventType)
            {
                case EventType.CreateDatabase:
                    Console.WriteLine("Foi criado um banco de dados!");
                    break;
                case EventType.CreateTable:
                    Console.WriteLine("Foi criada uma tabela!");
                    break;
            }

            // Relacionando outras propriedades que serão exibidas

            var showProperties = new[] { "DatabaseName", "TableName", "LoginName" };

            var properties = e.Properties.Where(prop => showProperties.Contains(prop.Name));

            foreach (var prop in properties)
            {
                Console.WriteLine("{0}: {1}", prop.Name, prop.Value);
            }

            // Exibindo o comando que acionou o evento

            var command = e.Properties.FirstOrDefault(prop => prop.Name == "TSQLCommand");

            if (command != null)
            {
                var xml = XDocument.Parse((string)command.Value)
                    .Elements("TSQLCommand")
                    .Elements("CommandText")
                    .FirstOrDefault();

                if (xml != null)
                {
                    Console.WriteLine("CommandText: {0}", xml.Value);
                }
            }

            Console.WriteLine();
        }
    }
}

E como os eventos serão exibidos neste exemplo:

Capturando eventos do SQL Server com .NET via SMO

Próxima semana, eu pretendo demonstrar como capturar/monitorar eventos em um nível mais específico, e na última semana deste mês, veremos como monitorar alguns eventos que vão além de alterações estruturais do banco de dados.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Capturando eventos do SQL Server com .NET via SMO sem Triggers ou Trace

    • Sim, isso mesmo, só não coloquei com este nome pois “Event Notification com SMO” diria muito para quem já conhece esta feature, mas seria muito pouco intuitivo para quem só quer conhecer um pouco do “How to”.

      Obrigado pelo comentário!!

  1. Pingback: Capturando eventos de um determinado bancos de dados com .NET via SMO sem Triggers ou Trace « SQL From Hell.com

  2. Pingback: Trabalhando com SMO – Resumo « SQL From Hell.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s