Em 2011, o que precisamos aprender?

Muitas das tendências de 2009-2010 ainda estão fortes nos dias atuais, mas o que é realmente indispensável aprender neste ano na sua área de atuação em TI?

Desenvolvedores ASP.NET precisam pensar seriamente em deixar um pouco Web Forms de lado e aprender ASP.NET MVC, seja por questões de produtividade, por se adequar a uma arquitetura bem estruturada e organizada (dados, regras de negócio, interface do usuário), por permitir maior potencial de desenvolvedores que conhecem bem HTML, CSS e JQuery, ou pelo simples fato de MVC já ser forte entre os desenvolvedores Ruby e Python, e esta aparecendo (lentamente) também nos cenários PHP e Java.

Por outro lado, cloud e virtualização para o pessoal de infraestrutura e banco de dados são assuntos de suma importância, visto as possibilidades de escalabilidade e alta disponibilidade permitidas por estas tendências, importante ao ponto de tornar o conhecimento sobre Azure, Hyper-V e outras tecnologias, requisitos básicos das soluções de TI nos próximos anos.

Uma tecnologia comum e indispensável entre os profissionais de tecnologias Microsoft, seja desenvolvedores, DBAs ou infraestrutura, é o PowerShell, que dia após dia se torna mais presente em todos os produtos Microsoft.

Outras tecnologias (HTML 5, redes sociais, aplicações móveis…) poderão garantir sucesso de muitos profissionais e empresas, mas algumas competências ainda são e serão importantes, como a comunicação, autogestão e capacidade de observação.

Para gerentes de TI, coordenadores e arquitetos, as necessidades continuam as mesmas, como conhecer de governança de TI, desenvolver a capacidade de organizar e orientar sua equipe, projetos e atividades com o mínimo de burocracia necessária, aprender motivar, valorizar e desenvolver os profissionais que estão na linha de frente e saber delegar suas responsabilidades, pois estas garantirão a sobrevivência de sua organização neste período de escassez de profissionais de TI e necessidade de responder as exigências velocidade e qualidade do mercado.

4 pensamentos sobre “Em 2011, o que precisamos aprender?

  1. Ow Paulo, tudo bom?
    Então, como sempre não podia perder a chance de dar aquela cutucada no php hein… “e esta aparecendo (lentamente) também nos cenários PHP e Java.”… só pra constar que a maioria das novas aplicações feitas em php estão no padrão mvc… e algumas outras que são importantes e antigas foram totalmente reescritas nesse padrão. Joomla framework e Zend framework encabeçam os velhinhos restaurados e isso já faz tempinho viu. Não está aparecendo não, já é realidade… o phpzeiro que usa bloco de notas já está no caixão há muito tempo, depois que apareceram essas metodologias ágeis não há espaço para os nostalgicos.
    Abraço do velho entusiasta enrolation

    • E ai Cleibson! Faz tempo que a gente não se fala!

      Sobre o PHP, ainda espero que ele melhore um pouco em relação a arquitetura MVC, pois trabalhando com projetos com Zend Framework, achei até legal… mas ainda é o bom e velho PHP com uma arquitetura diferente.

      Ok, ainda não encontrei uma linguagem ou arquitetura para responder a metodologia “é pra ontem” ou “preciso disso no ar agora” (aka. eXtreme Go Horse) que eu estava acostumado com PHP e ASP das antigas.

      Momento até te recomendo ver o ASP.NET MVC 3 + Razor (http://weblogs.asp.net/scottgu/archive/tags/MVC/default.aspx), que teve uma boa evolução com as versões mais recentes, pelo menos estou gostando de trabalhar com ele em dois projetos que peguei recentemente (também tenho um colega que trabalha com Python, que também gostou do ASP.NET MVC).

      Depois me mande um e-mail, precisamos marcar um dia para trocarmos umas idéias!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s