Performance – Clustered Index Scan

É difícil identificar todos índices necessários para todas as consultas de um banco de dados em produção, mas tem alguma diferença entre uma consulta numa tabela HEAP (Table Scan) e uma tabela sem índices nos campos pesquisados (Clustered Index Scan)?

Para demonstrar que Table Scan e Clustered Index Scan podem ser igualmente problemáticos, abaixo um plano de execução que ilustra bem esta situação:

HEAP vs Clustered Index Scan

Se existem muitos “Clustered Index Scan”, é sinal que alguma coisa não esta indo muito bem, então, “dá-lhe” índices!

Os índices não clustered são estruturas compostas por uma ou mais colunas “indexadas” e outras colunas auxiliares (included columns), e a(s) coluna(s) do índice clustered (e quando índices não clustered estão em uma tabela HEAP, é usado um “identificador” do registro ao invés da coluna do índice clustered).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s